Siga a Houtrée nas redes sociais!!

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Um loiro para chamar de seu!

Saiba quais são os tons de loiro do momento! 3 experts explicam como são feitas as técnicas que estão fazendo sucesso, para quem são indicadas, o tempo de manutenção e os cuidados específicos, confira:



ICE BLONDE
É um loiro frio, mais acinzentado e não tem pigmento amarelo como o loiro platinado. De acordo com a colorista Branca Di Lorenzo, do salão Crystal Hair, a tendência não pode ser adotada por qualquer um; o tom, que é feito desde a raiz, combina com mulheres claras e com fundo já loiro. “Não aconselho para mulheres com raiz muito escura, porque irá danificar demais o cabelo no processo de descoloração”. Se você já é loira ou clareia o cabelo há um tempo e quer radicalizar no visual, aposte no ice blonde! 
Manutenção: Como o tom é superclaro, o intervalo entre os retoques é curto. “Depende do estilo da pessoa. Algumas gostam de deixar a raiz escura para ter contraste. Se não for o caso, o retoque deve ser feito de 15 em 15 dias para pessoas que têm a cor natural muito escura. Quem tem a cor natural clara pode fazer a cada 20 dias.”

Cuidados: Esse cabelo extremamente loiro tende a ficar mais ressacado e danificado do que o normal, por isso a cabeleireira explica que é preciso de cuidados especiais para selar a fibra capilar, hidratação para devolver água aos fios e uso de shampoo, condicionar e leave-in específicos para cabelos descoloridos.
“Muito cuidado com a exposição ao sol, pelos fios já estarem sensibilizados, fragilizados e porosos, o sol em excesso potencializa todos esses danos." A piscina também é um perigo. O cloro resseca normalmente os cabelos, com os descoloridos o efeito é ainda mais potente. Além de danificar, a água da piscina pode deixar as madeixas esverdeadas.

O shampoo roxo, queridinho entre as loiras para neutralizar tons amarelados, deve ser usado com cautela. “Siga corretamente a maneira e tempo de pausa do produto, para não ficar com o cabelo acinzentado demais.”



CACAU BLONDE
Lançada pelo hairstylist Costatto Emerson, do salão Esmell Leblon, a nova técnica ilumina fios castanhos, deixando um efeito sunset nos tons dourado e mel. “É bem sutil e evita o estrago desde a raiz, já que a técnica consiste em mechas finas no comprimento do cabelo.” É Indicado para morenas por combinar muito bem com esse tom de pele. Para quem nunca fez nenhum tipo de coloração, o Cacau Blonde pode ser uma boa opção para começar.

Segundo o hairstylits, a técnica é diferente do Ombré Hair e das Californianas. “O Ombré é um degradê até as pontas e as Californianas tem efeito mais dramático, com as pontas mais claras acentuadas. Já o Cacau Blonde é suave, sem marcação e traz luminosidade no comprimento e parte frontal, tirando o foco das pontas.”

Manutenção: O tempo de retoque é indeterminado, pois as mechas não são feitas desde a raiz.




BRONDE
Muito comentado no momento, o bronde é a fusão de brown e blonde e indicado principalmente para quem tem cabelos castanhos claros e escuros e quer ficar loira aos poucos. A colorista Patricia Oliveira, do salão Werner Coiffeur, diz que são feitas mechas bem finas que mesclam com o restante do cabelo para não ficarem marcadas, proporcionando um resultado muito natural. "O bronde é perfeito para morenas que querem iluminar os fios, mas sem ficar loira de uma vez só", explica.

Manutenção: Como a raiz não fica marcada é possível esperar um tempo maior para fazer o retoque. A colorista indica a cada 3 meses, ou com um intervalo um pouco maior, dependendo da preferência da cliente.

*Fonte: revisa Marie Claire

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br

domingo, 30 de agosto de 2015

Jogue suas tranças Rapunzel! Descubra tratamentos que auxiliam no crescimento dos fios!

Que mulher não sonha com cabelos compridos, volumosos, brilhantes e fortes, não é mesmo? O laserterapia e a intradermoterapia prometem impulsionar o crescimento dos fios, além de proporcionar muitos outros benefícios para o cabelo. O hairstylist Rafael Dios e a dermatologista Clarissa Rittes ajudam a entender melhor as técnicas que estão fazendo a cabeça das celebs, confira:

LASERTERAPIA


Feito no salão SPA Dios, em São Paulo, o laser é importado e ajuda a acelerar o crescimento dos fios, aumentar o volume, diminuir a queda de cabelo e reduzir a oleosidade do couro cabeludo, que também impede o crescimento das madeixas. “Esse laser tem ferrinhos que dão um leve choque no cabelo e atingem até 2 milímetros do bulbo capilar”, explica Rafael.

Entre as adeptas do método estão Sophia Abrahão, Paloma Bernardi, Carolina Dieckmann, Fernanda Souza e Angélica - só para citar algumas. “Amo o tratamento de laser. Ele faz com que meu cabelo cresça mais rápido, fortalece meus fios e deixa com uma textura incrível! Além disso, é rápido e prático, ótimo para dias em que estamos com a agenda apertada" afirma Sophia.

Em casos mais graves de queda de cabelo, o cabeleireiro indica fazer 1 sessão por semana, que dura em média de 10 a 15 minutos e custa R$ 150. Mas quem só quer estimular o crescimento dos fios pode fazer a cada 15 ou 30 dias, dependendo do caso. "Em até 3 meses a pessoa vê o resultado." Rafael sugere ir com o cabelo limpo fazer o laser para que ele possa penetrar de forma mais eficiente.

Alguns cuidados em casa com o couro cabeludo podem ajudar. "Antes de lavar, use uma escova de desembaraçar, mexendo em várias direções, para remover possíveis resíduos. Também dilua o shampoo e o condicionador em um pouco de água antes da aplicá-los."  Não há nenhuma restrição durante o tratamento e a única contraindicação é para grávidas.



INTRADERMOTERAPIA

Neste procedimento são aplicadas vitaminas, junto com vasosdilatadores e bloqueadores de hormônio, no folículo piloso (onde nasce o fio). "Ao invés de você tomar vitaminas via oral e ter uma absorção do corpo que metaboliza e manda uma concentração 'x' para o cabelo, eu faço picadas com uma agulha pequena - que quase não dói - e aplico as vitaminas onde nasce o fio", explica a dermatologista Clarissa Rittes, de São Paulo, que faz o tratamento em Gabriela Pugliesi e Julia Faria. Como as vitaminas são absorvidas numa concentração mais alta do que elas seriam se fossem metabolizadas pelo corpo, o efeito é maior.



A intradermoterapia é indicada para quem está com queda de cabelo, calvície (feminina e masculina), os fios muitos finos e sem volume ou apenas quer estimular o crescimento das madeixas. "Essas substâncias aplicadas ativam o folículo piloso, tanto os que já estavam dormindo ou adormecendo, quanto os que são normais, mas finos. Isso faz com que os fios engrossem e os folículos adormecidos acordem."
O tratamento leva 1 ano para ser finalizado. São necessárias 5 sessões quinzenais e depois 10 mensais. Cada sessão dura 10 minutos. “O cabelo que já está comprido vai crescer mais rápido e começar a nascer mais grosso. Mas o fio que nascerá precisa manter-se saudável durante o crescimento inteiro e ele demora cerca de 1 ano para crescer completamente." No caso da calvície é preciso fazer manutenção a cada 2 meses após o fim do tratamento.

Não há nenhuma contraindicação para a intradermoterapia, apenas se a pessoa tiver uma reação alérgica durante o tratamento, pois a aplicação é local (as substâncias não vão para o corpo). Também não há restrições, a pessoa pode continuar fazendo coloração e outros procedimentos químicos. "Inclusive melhora muito o estrago causados por eles."

(O preço do tratamento é divulgado apenas sob consulta médica)

*Fonte: revisa Marie Claire

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Como estilizar os fios sem o secador!

Seja por falta de tempo, seja por cuidado com os fios, parar de usar o secador de cabelo é uma decisão difícil entre as mulheres - quem tem o hábito de usá-lo todos os dias sabe como é difícil largar o vício. Mas e se dissermos que é possível criar um visual moderno e sofisticado sem precisar do secador?



1. As ondas texturizadas de Elizabeth Olsen
O truque para copiar o look da atriz (acima) é aplicar um spray como e rapidamente lançar mão do calor do secador. Mas nada de secar o cabelo por inteiro - uma rápida aplicação, só para elevar a temperatura dos fios, já basta. Feito isso - e com as madeixas ainda úmidas -, enrole os cabelos em pequenos rolinhos ao longo da cabeça e prenda com grampos. Deixe por cerca de 20 minutos e solte - voilà!

2. Ondas suaves em fios grossos
Se seu cabelo é grosso e liso, aplique um leave-in enquanto os fios ainda estiverem úmidos e enrole-os em 4 pequenos coques, prendendo gentilmente com grampos - e vá dormir. Ao acordar, você terá ondas suaves e bem distribuídas ao redor do rosto.



3. As ondas naturais de Kate Moss
Se você tiver cabelo liso ou ondulado, para copiar o visual de Kate Moss você só precisa da ajuda de grampos. Com o cabelo úmido, coloque as madeixas para trás das orelhas e prenda-o com grampos, como se estivesse criando ondas exageradas. Deixe por cerca de 20 minutos e pronto!

4. Cachos ultrasuaves em cabelos finos e ondulados 
Lembra dos prendedores de cabelo em formato de borboleta (que você, sua irmã ou sua sobrinha usaram na infância)? É hora de trazê-los de volta ao nécessaire. Prepare seu cabelo úmido com uma gota de leave-in e 3 gotas de um mousse para cachos em todo o volume do cabelo. Feito isso, enrole o cabelo em 5 pequenos coques, deixando um na altura da raiz - e vá dormir. Ao acordar, seus cabelos estarão com ondas perfeitas e sem frizz.



5. Ondas volumosas de Ashley Olsen
Os cabelos de Ashley Olsen são o retrato perfeito de ondas com volume, aspecto natural e nenhum frizz – e são 100% feitas sem o uso de secador. Para copiar o look, comece por aplicar seu mousse hidratante preferido em toda a área dos cabelos. Feito isso, faça uma trança grande e soltinha em todo o comprimento dos fios; após isso, enrole ela em um coque baixo (também frouxo), e deixe o cabelo secar. Pronto!

6. Liso, mas com vida (e muito brilho)
Quer que o cabelo seque naturalmente e, ainda assim, fique liso? Fácil: aposte em óleos. Espalhe três gotas na mão e aplique nos fios, da metade do comprimento até as pontas – e deixe secar naturalmente. Se perceber o surgimento de frizz, passe na raiz o restante de produto que ficou nas mãos .



7. Ondas definidas como as de Nicola Peltz 
Para copiar o look de Nicola, deixe o cabelo secar naturalmente e, quando estiver quase seco, aplique um mousse, conta á Allure o hair stylist Mark Townsend, responsável pelo look. "Eu peguei uma quantidade enorme de mousse e apliquei no cabelo levemente úmido de Nicola. É um truque mais suave e menos óbvio que o gel", conta. Após esta etapa, ele dividiu o cabelo em quatro partes e criou curvas com a ajuda de grampos, fazendo um caminho em zig-zag. Feito isso, aguarde cerca de 40 minutos e voilà!

*Fonte: revisa Vogue Brasil

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sewing tones: a versão 2.0 do ombré hair!

De tempos em tempos, o mundo da beleza cria novos termos e expressões para definir cortes de cabelo, tinturas e tratamentos. O mais novo deles é o sewing tones, técnica de reflexo desenvolvida por Luis Silva, hairstylist à frente do Studio Lorena, em São Paulo, que tem como ponto de partida enaltecer a cor natural dos fios.
Após uma avaliação detalhada das madeixas e suas diferentes variações de cor, Luis decide sua estratégia de ação. O segredo é fazer uma mistura de tons mais claros nas pontas, "costurando" diferentes mechas de maneira minuciosa desde o topo da cabeça, em uma versão remodelada do antigo ombré hair, vedete de temporadas passadas.
Segundo o expert, a combinação de mechas de diferentes espessuras ilumina o rosto com naturalidade, garantindo uma mistura com o tom original da raiz e, portanto, a duração da cor por muito mais tempo, já que a técnica evita o contraste das raízes aparentes e a necessidade de retoques frequentes. Para quem está em busca de uma mundança capilar não radical, mas que está longe de passar despercebida, essa parece ser a saída.

*Fonte: revisa Vogue Brasil

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br

Aprenda a fazer o penteado da vez!

O hairstylist Luigi Murenu, dos mais conceituados da atualidade, já atestou qual o penteado favorito e que melhor funciona em todas as mulheres: “Tranças! Adoro a versão de lado e mais solta,que é jovem e cool”.


E realmente, trança enfeita, é versátil – pode deixar você com cara de boa moça ou imprimir um visual radical – e tem aparecido com frequência nas passarelas. Na última temporada, a versão mais comentada foi a fininha e presa como se fosse uma argola, criada por Murenu e inspirada nas latinas das gangues Chola para o inverno 2016 da Givenchy.

A it-trança em Kate Bosworth e na passarela de Giamba; no desfile da Givenchy; e a trança-coroa de Francesca Liberatore. Kate Moss com a “Kate Braid”, a trança soltinha usada de lado.
Para quem quiser se aprofundar na arte, o The Couture Book of Braids é um livro digital com belas ilustrações que mostra o passo a passo de 30 tipos de trança – da espinha de peixe à em forma de coroa, batizada de Bohochella, numa alusão a seu espírito boêmio. 

Separamos o passo a passo de um dos estilos: a trança "Kate Moss", soltinha e usada de lado e perfeita para um visual boho ou romântico. Veja as etapas abaixo e dicas de produto para texturizar os cabelos.



The Couture Book of Braids, livro ilustrado que ensina 30 tipos de trança, pode ser baixado no site kerastase.co.uk. Comece praticando versões menos elaboradas como a “Kate Braid”: 

1) Prepare os fios com um spray de textura. 
2) Seque o cabelo inteiro com difusor.
3) Separe-o em três mechas e vá trançando as extremidades em direção ao meio.
4) Para evitar o frizz, aplique um pouco de spray num pente fino e passe de leve no cabelo. 
5) Se quiser um look mais romântico, finalize afofando e “abrindo” cada gomo da trança.

*Fonte: revisa Vogue Brasil

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

5 combinações de alimentos que você deve evitar!

A união faz a força? No caso dos alimentos, nem sempre. Você sabia que, durante o processo de digestão, alguns nutrientes competem entre si pela mesma porta de entrada para o organismo? Essa disputa está relacionada à biodisponibilidade, isto é, a capacidade da substância ser absorvida pela célula e exercer sua função. "Isso significa que, se um determinado nutriente está em maior quantidade, ele terá preferência em ser absorvido e o outro, em menor quantidade, será pouco absorvido", explica a nutricionista Isabel Jereissati. Além da competição pelo mesmo sítio, os complexos formados pelas substâncias também determinam se as interações nutricionais são negativas ou benéficas, as quais favorecem a absorção, o transporte e a utilização do outro nutriente, potencializando a sua ação.

Essa é uma das razões pelas quais pensar sobre as combinações dos alimentos que colocamos no prato é tão importante quando escolher cada componente da refeição. "O principal motivo para nos alimentarmos várias vezes ao dia – de três em três horas - é para garantir melhor aproveitamento dos alimentos que ingerimos. O ser humano absorve de 20% a 30% do que come", afirma Isabel Jereissati, destacando que as boas escolhas alimentares ajudam a evitar desequilíbrios no organismo e a predisposição a doenças.  

Confira algumas combinações de alimentos que devem ser evitadas:

Frutas nas refeições



A fruta passa rapidamente pelo estômago e segue para o intestino. Quando você combina frutas com alimentos que levam mais tempo para digerir, estes, como carne e grãos, acabam sofrendo fermentação, graças ao efeito do açúcar.

Coma frutas de 30 a 60 minutos antes das refeições. Quando a fruta é ingerida sozinha com o estômago vazio antes de uma refeição, ela prepara o sistema digestivo para o que está por vir. A água contida na fruta lava e hidrata o sistema digestivo, suas fibras e enzimas ativam o processo químico da digestão. Depois de uma refeição, espere pelo menos três horas antes de comer frutas, para não misturar a outros alimentos e provocar a fermentação.

Proteína animal + alimentos ricos em amido



Carne e batatas, frango e massa, sanduíche de peru. Se uma proteína animal é consumida junto com alimentos ricos em amido, os diferentes sucos gástricos anulam a eficácia uns dos outros. A proteína vai apodrecer e o carboidrato vai fermentar.

As enzimas desses diferentes alimentos, no mesmo espaço e ao mesmo tempo, resultam em gás e flatulência no sistema. Se a única opção que tiver é essa combinação, adicione vegetais e folhas verdes para minimizar os efeitos colaterais negativos.

Gordura + outros alimentos



Azeitonas com pão, atum com maionese, bife de carne frito em óleo vegetal. Grandes quantidades de gordura associados à proteína retardam a digestão.

Se combinada com alimentos corretamente, a gordura ajuda na produção do combustível que facilita o transporte dos alimentos para o fígado.

Líquido durante as refeições



A água passa pelo estômago em cerca de 10 minutos. O suco leva de 15 a 30 minutos. Já os refrigerantes, de forma geral, são ricos em fósforo e quando consumidos junto a alimentos ricos em magnésio, como espinafre, aveia, beterraba e nozes, reduzem a absorção deste nutriente.

Qualquer líquido no estômago dilui as enzimas que o corpo precisa para digerir proteínas, carboidratos e gorduras. Para perder esse vício, beba mais água do que você deseja pelo menos 10 minutos antes de comer. Depois de comer, espere cerca de uma hora para ingerir qualquer tipo de líquido.

Duas fontes concentradas de proteína



A combinação de duas fontes concentradas de proteína na mesma refeição deve ser evitada. Proteínas concentradas levam muito tempo para se decompor, prejudicando a digestão e esgotando a energia do sistema. 

É por isso que a Medicina Ayurveda condena a combinação de diferentes carnes ou de carnes de peixe.

*Fonte: canal GNT, Globosat

Houtrée Cosmétiques
Visite o nosso site: www.houtree.com.br
Curta a nossa página: www.facebook.com/houtreecosmeticoshoutree
Fale conosco: comunicacao@houtree.com.br